A primeira etapa do Circuito Ubatuba Pro de Surf contou com quatro dias de competições no canto da Praia de Itamambuca. Com mais de 230 inscritos entre 04 e 67 anos de idade, os atletas deram show de surf!

Na quinta-feira, 21/06, rolou as categorias PETIT, ESTREANTES, INICIANTES, MIRIM, SUB 12 FEMININO, SUB 18 FEMININO E GRAN KAHUNA. Dentre os finalistas no primeiro dia de evento, vale destacar as performances dos jovens Kailani Rennó, Nairê Marquez e Guilherme Fernandes.

Já na sexta-feira, com o mar bem mais fraco, foram para água as categorias 18UP, LONG OPEN, SUP WAVE, GRAN MASTER E LONG KAHUNA. Os destaques do dia ficaram por conta de Lucas Bernardo na categoria 18UP, Fabio Alves Long Open, Kauan Terra Sup Wave, Isaias Silva na Gran Master e Carlinhos Roberto na Long Kahuna.

No sábado a ondulação entrou em Itamambuca sábado e domingo e confirmou a excelente bancada que tem proporcionado Ondas Fantásticas no canto, as ondas ficaram clássicas com cerca de 2 metros de altura e uma perfeição típica de itamambuca, as Categorias Profissional Masculino, Profissional Feminino e Sub 18 masculino, garantiram o show com uma High Performance incrível dos atletas em baterias eletrizantes.

Em Grande fase Diego Aguiar deu as cartas na final da categoria Sub 18, competindo uma categoria acima da categoria dele, venceu mais uma no evento e já larga na frente para a corrida pelo titulo deste ano. Na 2° colocação ficou Guilherme Villas Boas, 3° colocação Matheus Gomes e completou o pódio na 4° colocação Kauan Terra.

Fonte: AUS (Associação Ubatuba de Surf)

——————————————————————————————————————————–

Por Surfessência

Profissional Feminino 

No profissional feminino, elas surfaram forte e arrancaram high scores dos juízes. Camila Cássia foi campeã da categoria com excelente performance durante a sua bateria. A vice campeã, Açucena Vaz, também fez bonito na final, mandando manobras agressivas com seu backside afiado. Luana Coutinho ficou com a 3° colocação e Kiani Cristina foi 4° colocada, mostrando bastante atitude nas ondas grandes.

Profissional Masculino

Valendo pontos para o Ranking Brasileiro da Abrasp e definição do Campeão Paulista Profissional 2018 e Campeão Ubatubense, as baterias foram intensas desde o primeiro round. Várias disputas aconteceram entre Ubatuba e São Sebastião, aumentando ainda mais o clima de competição. Os atletas que competem com as pranchas F.Lucas, Renan Argemiro (São Sebastião), Lucas Santos (Ubatuba) e Cleiton Félix (Ubatuba) fizeram bonito e surfaram com determinação suas baterias. Renan Argemiro ficou pelo segundo round e quase levou o Air Show, dando um aéreo bizarro.

IMG_0990 IMG_0991 IMG_0992 IMG_0484 IMG_0485 IMG_0486

Já o atleta Cleiton Félix também surfou com garra e ficou na 7a colocação, chegando na semi final.

IMG_0441 IMG_0442 IMG_0443 IMG_0444

E o atleta Lucas Santos quebrou em todas as baterias, chegando na final, fazendo um terceiro lugar nas competições. Lucas é recordista desse Circuito… já foi campeão em todas as categorias amadoras!

IMG_1065 IMG_1066 IMG_1067 IMG_1068 IMG_1069 IMG_1148 IMG_1149 IMG_1150 IMG_1151 IMG_1152 IMG_1153 IMG_1155

O Sebastianense Renan Pulga, no confronto final, deixou os outros oponentes em combinação por mais da metade da bateria, fazendo dois high scores em suas duas primeiras ondas. Mas viu sua liderança ameaçada com uma onda do Ubatubense Geovane Ferreira que entrou na briga pelo titulo da etapa, e que acabou conseguindo a virada nos minutos finais de bateria. Em quarto lugar, ficou o atleta Robson Santos que surfou no limite em todas suas baterias, jogando água pra todos os lados.

36121369_2522354294456911_5242470367494144000_n 36137262_2522354654456875_5384649908298973184_n